Total de visualizações de página

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

REFLEXÕES SOBRE O MÊS DE SETEMBRO

Caríssimos(as) internautas, peço-lhes desculpas por não ter postado, no mês de setembro, nenhum notícia. Acontece que meu computador está quebrado e é um tanto chato trabalhar em lan house. Porém, segue uma síntese do que fui capaz de acompanhar no mês que se passou - a respeito do movimento indígena norte-rio-grandense.

Lembro, antes de tudo, que na virada das noites de terça para quarta (dias 11 e 12) de outubro, ocorreu um encontro indígena no Katu dos Eleutérios, que contou com a presença do Morubixada Manoelzinho da Aldeia Trabanda (Sagi / Baía Formosa), com a equipe do advogado das causas populares Luciano Falcão; e com um grupo de capoeira angola. No encontro realizamos o Ritual da Lua Cheia, seguido de um Toré Sagrado que se estendeu até as 2:30 da manhã.

TODO APOIO AOS ÍNDIOS DO SAGÍ ! EMPRESÁRIOS ESTÃO TENTANDO TRANSFORMAR A ALDEIA INTEIRA EM UM RESORT, VIZANDO OS LUCROS DA FUTURA COPA DO MUNDO EM NATAL ! NÃO PODEMOS PERMITIR QUE MAIS UM CRIME CONTRA OS POVOS TRADICIONAIS SEJA REALIZADO ! OS INDÍGENAS VIVEM NO TERRITÓRIO DESDE O SÉCULO XVIII, MAS OS EMPRESÁRIOS ALEGAM SEREM OS DONOS DA TERRA E PRETENDEM, ALÉM DE RETIRÁ-LOS DE LÁ, REMOVER O CEMITÉRIO DA COMUNIDADE - O QUE É UM CRIME DUPLAMENTE HEDIONDO, QUE FERE A ANCESTRALIDADE LOCAL !

Vamos às "lembranças" do mês de setembro:

- Em desfile de "7 de Setembro", a Escola Municipal Professor Francisco de Assis Varela Cavalcanti, do bairro Guarapes (Natal / RN) tem como tema a preservação dos povos indígnas, o "NÃO" à hidrelétrica assassina de Belo Monte e a preservação da Natureza e dos Animais.

- Encontro do Curso de Direito da FARN, abordou temas indígenas. Além da apresentação de vídeos e palestras com antropólogos, o encontro contou com representantes das comunidades Mendonça do Amarelão (João Câmara / RN), Aldeia Trabanda (Sagi / Baía Formosa / RN) e Maracajaú (RN). Os caboclos do Amarelão iniciaram o evento com apresentação do grupo de flautas, por volta das 8:30 da manhã e ao meio dia dançamos o Sagrado Toré. O evento prosseguiu até à noite.


- Três turmas do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaraú reuniram-se em João Câmara, na comunidade Mendonça do Amarelão, para aula de campo. Na aula, visitamos as pinturas rupestres que se encontram na região, a professora Thaíse proferiu palestra sobre a história da comunidade e houve exposição e venda de artesanatos e livros. Encerramos o evento com o Sagrado Toré.

É isso. Abraços e até breve!



Nenhum comentário:

Postar um comentário