Total de visualizações de página

domingo, 14 de agosto de 2011

ÍNDIOS DO SAGI (BAÍA FORMOSA / LITORAL SUL DO RIO GRANDE DO NORTE)

Caríssimos leitores, ontem, pela primeira vez, visitei a comunidade indígena do Sagi, localizada no litoral sul do Rio Grande do norte, no município de Baía Formosa. O lugar é realmente bonito, limpo e agradável. Embora minha visita tenha sido muito rápida, pude conversar com alguns indígenas da comunidade, agendando visitas futuras.



Os índios do Rio Grande do Norte, depois de tantos anos "ocultados" pela "historiografia tradicional", reapareceram. Alguns decidiram quebrar o silêncio violentamente imposto pela colonização. Lembro que em 2005 li textos nos quais se dizia que no Piauí e no Rio Grande do Norte não existiam mais índios. Hoje, porém, a realidade prova o contrário.


Em breve terei maiores informações sobre a comunidade indígena do Sagi. Abraços para todos os parentes de lá! Viva os índios do Nordeste brasileiro! DIGA NÃO A BELO MONTE!

3 comentários:

  1. Qual a origem e significado da palavra 'Sagi'? Meu nome é Dario e o meu e-mail é: francodario@uol.com.br

    ResponderExcluir
  2. Se for possível, por favor me envie mais informações a respeito dos indios do sul do RN. Minha família é daquela região. É possível visitá-los?
    Cláudio Andrade
    email: ctst12_@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Olá gostaria de saber mas sobre o povoado de Rio dos Índios ficava ao lado da atual comunidade de Boa Vista, meus ancestrais lá viveram como Patriarca conhecido como pai Zé SÓ um português que viveu com minha tataravó índia, no qual teve uma linhagem de longos filhos descendentes indígenas, até chegar em minha avó Maria Luiza do Nascimento Silva e Francisco Pedro da Silva que tiveram 17 filhos onde só 13 sobreviveram , meu avós e tataravós foram enterrados no cemitério de dificílimo acesso por trás da comunidade de boa vista como era, de costume local da época 1945, logo após o falecimento de minha avó minha mãe Zuleide em 1970 fugiu pra recife onde morou até seu falecimento em 2000, retornámos algumas vezes mas havia muita briga por terra e direitos os quais já tinha sido deturpados por interesse alheios já não era mais nossa brigas, restando uma tia avó chamada Ló, tio Deca, tio Tóta, tio Manoel, tio Waldomiro, primos Ilma, Lucimar, Alcimar(nenê), Rosa, Aniêda, Regina, Francinaldo, Francinete, Reginaldo, Cola, Cila, Aninha, Edimilson, muitos outros que não sei o nome pois sei que estão lá em algum lugar, eram um povo fechado e arredio, ficavam em 2000 as margens de uma rodovia que não consigo visualizar no mapa mas ainda são parte de minhas raízes . kfsilva29

    ResponderExcluir